Um vício chamado Taberna Dumont

Versatilidade acolhedora: para beber com os amigos, celebrar com a família ou marcar um janta romântico

Publicado por em 02/08/2013

Sabe aqueles restaurantes que quando você descobre se apaixona e fica com preguiça de conhecer outros lugares? Sofri muito tempo com isso por causa do Taberna Dumont.

taberna-dumont-londrina-20
Localizada ali pertinho do Aeroporto, a casa abriu faz uns três anos, trazendo pratos da culinária mediterrânea, inspirados na cozinha espanhola e italiana.

O que me encanta nesse lugar é a versatilidade acolhedora. Pode ir com os amigos beber, pode ir com a família comemorar a formatura, poder ir com o love num jantar romântico. Em qualquer ocasião a gente é bem atendido e fica muito à vontade.

taberna-dumont-londrina-20

O cardápio é adaptável para a fome e para o bolso. Se a grana tá curta ou se a vontade é só petiscar, apresento-lhes a Bruschetta! Parece simples, parece até meio sem graça, mas eu te desafio a provar. São 4 opções e uma das mais gostosas é a de alho gratinado, com tomate picado e manjericão.

taberna-dumont-londrina-20

 

Parceira ideal das bruschettinhas, a cerveja tem preço honesto lá no Taberna (Brahma R$ 5,50) e todas as vezes que fui lá ela estava deliciosamente gelada. Outro ponto que me encanta nesse lugar.

taberna-dumont-londrina-20

Quando tem mais gente na mesa, uma dica boa é pedir pizza. O cardápio tem bastante opção e a massa é fininha e crocante. Quanto ao recheio, vai do gosto. Tem as clássicas, entre elas Calabresa e Cinco Queijos.

taberna-dumont-londrina-20Para quem curte uns recheios mais diferentes, uma boa opção é a Pizza Dumont (Frango, Bacon e Palmito) e a de Rúcula com tomate seco.

taberna-dumont-londrina-20Esse post tá ficando grande, né? Mas calma… Deixa eu te mostrar as outras coisas, só vai ficando melhor.

Subindo a escala da riqueza chegamos às massas. Os pratos servem uma pessoa com tranquilidade. Quando a fome é pouca, eu costumo comer as bruschettinhas e dividir uma massa. Se você gosta do tradicional, tem Raviólis quatro queijos ao molho bolonhesa. 

taberna-dumont-londrina-20

Aqueles que curtem um prato mais temperado, o Penne à Puttanesca (Molho de tomate, alho, azeite, aliche, alcaparra, azeitonas e pimenta calabresa) é o que há.

taberna-dumont-londrina-20Agora o meu queridinho é o Talharim Dumont, com molho branco, frango, brócolis e parmesão. Uma combinação perfeita. Confort food total!

taberna-dumont-londrina-20Nas terças-feiras, ao pedir qualquer massa, você tem direito a um filé de frango, merluza ou bisteca de porco.

CARNE? Tá a fim de CARNE?

taberna-dumont-londrina-05
No Taberna os carnívoros também têm vez! Uma coisa que de tempos em tempos dá desejo de comer éO Medalhão de Mignon ao molho Champignon. É sério, esse molho é demaaais! **Se a grana estiver curta, dá pra substituir o mignon pela bisteca, também é uma delícia**

taberna-dumont-londrina-20Mal passado, ao ponto ou tostadinho? Você escolhe. Se você for apaixonado por queijo, tem a  opção de molho gorgonzola. Bem forte e encorpadão.

taberna-dumont-londrina-20

A carne acompanha arroz ou batata frita e legumes ou salada.

taberna-dumont-londrina-10  taberna-dumont-londrina-06taberna-dumont-londrina-13taberna-dumont-londrina-07Além dessas delícias aí de cima, o Taberna serve AQUELA Paella, preparada pelo chef Junior, que morou vários anos nas Europas antes de abrir o restaurante.

Nossa, esqueci da sobremesa. Pra finalizar o banquete em grande estilo, não deixe de pedir o Petit Gateau. Nem que for pra dividir com alguém.

taberna-dumont-londrina-20

Seja pra comer até cair ou só pra tomar uma e petiscar, o Taberna é realmente viciante e não machuca muito o bolso:

– Bruschettas R$4,50 a R$8,50;

– Pizzas R$18 a R$35;

– Massas R$15,50 a R$24,50;

– Mignon R$29,50 para uma pessoa e R$52 para duas.  

Taberna Dumont

Quanto?

  • EM MÉDIA R$30

O que?

  • ALMOÇO
  • BARES
  • JANTAR
  • VEGETARIANA

Adicionais

  • A LA CARTE
  • ACEITA CARTÕES
  • WI-FI

Rua Augusto Severo, 598

Terça a sábado, das 18h à 0h30; domingos das 11h às 15h

31 Comentários para “Um vício chamado Taberna Dumont”

  1. Esse mignon com molho gorgonzola é DI-VI-NO, foge do comum! Comi um penne também com molho vermelho, cebola e bacon – não lembro o nome – mas tava sensacional, no ponto. Realmente o Taberna esbanja conforto e é tudo muito bem preparado (:

    Responder
  2. Afim = semelhante.
    A fim = disposto a, com o intuito de.
    Parabéns pelo blog! Tem sido legal conhecer novas opções na cidade através das suas dicas.

    Responder
    • baixagastronomialdna@gmail.com

      Opa, obrigada pelo toque, Rogério 😉 Na correria esses detalhes acabam passando 😀

      Responder
  3. Parabéns pelo blog, as dicas são boas os estabelecimentos aqui mostrados alguns não conhecia e após ler quero ir conferir.

    Responder
    • Tatiana Ribeiro

      Olá, Matheus!
      Normalmente os posts são publicados no máximo uma semana depois da data em que comemos e no texto mesmo já dizem se é jantar ou almoço.
      Mas,valeu pela ótima dica 🙂 vamos ver uma forma de deixar isso mais claro pra vocês!
      Um abraço!

      Responder
  4. Descobri o site de vocês a pouco tempo e adoro as dicas. Torço para que vocês consigam mantê-lo por muito tempo. Abraços

    Responder
    • Tatiana Ribeiro

      Olá, Vivian! Que bom abrir o blog e ver um comentário como o seu ^^
      Fico muito feliz que você esteja curtindo as dicas e pode deixar que estamos nos esforçando bastante pra aumentar a quantidade de posts e não deixar o blog acabar, não!
      Um abraço!

      Responder
  5. Maria Helena Ferreira

    Sabia que compartilho deste vício? Já comi um filé de peixe por lá que considero "indefectível"!

    Responder
      • Não lembro o nome do prato, mas o sabor…. hummm…. bom demais!!!! Algo com bisteca suína…. Déia ficou com Bruschetta e Lu – Nati com filé mignon…..

        Responder
  6. Menina que é aquele restaurante? Tudo de bom! !preço justo, ambiente aconchrgante (ar) comida saborosa e bom atendimento.fui lá sábado com meu marido e pedimos um misto de carnes(filé mignon, filé de frango, bisteca, contra filé e calabresas) pra minha surpresa veio um monnnte nem demos conta de comer e olha que comemos nem hein

    Responder
  7. Fui em uma quinta feira chovendo só tinha eu minha namorada. Pedi uma brusquetta, o tomate estava pronto a pelo menos dois dias portanto curtido, horrivel e o pão nem era italiano portanto não é brusquetta nem aqui nem na Italia. Apos pedi um mignon, que incrivelmente tinha gordura falei com o garçom e ele disse que tinha se enganado, Lembrando só tinha eu e minha namorada. Portando nunca mais volto!!!!

    Responder
  8. Lugar incrível! Super recomendado!!!Ameii!
    Atendimento ótimo… comida maravilhosa… e o petit gateau? My God que deliciaaaaaaa!!!!!
    Achei o preço justo!

    Responder
  9. A Taberna Dumont só não tem a grife dos grandes restaurantes, mas seus pratos são dignos da alta gastronomia. Tudo muito bem preparado e caprichado, mesmo se for apenas para retirar no balcão. Parabéns ao pessoal da T.B. pelo prazer que ele nos proporciona! Ah sim: sempre uma boa trilha sonora acompanhando as refeições. Já ouvi por lá Bob Dylan, Ray Charles, Chuk Berry e outros que não se ouve em qualquer restaurante de Londrina!

    Responder
  10. Estive no restaurante duas vezes, a primeira achei tudo incrível…lugar aconchegante, agradavel, ideal para levar a familia, o namorado e adorei principalmente o petit gateau, o único quesito que deixa a desejar e a demora para chegarem os pratos, e de perder a paciência!!! Na segunda vez convidei um grupo de amigos para conhecer o melhor petit gateau da cidade e…passei vergonha! O bolinho veio seco, sem aquela calda no recheio que eu tanto fiz propaganda! Fiquei chateada, mas acredito que as criticas servem como um incentivo para melhorarem cada vez mais!

    Responder
  11. Jantando com um amigo ontem à noite, decidimos pedir um T-bone para duas pessoas com acompanhamentos. Os acompanhamentos bem normais, nada de especial. A chapa com dois enormes e bonitos pedaços de carne fez brilhar os olhos ao chegar à mesa. Mal sabíamos que a carne estava tããããão dura que não conseguíamos sequer cortá-la. Mastigar então, nem pensar. Desagradável. Comemos arroz, salada e batata. No final, a chapa voltou pra cozinha com os pedaços de carne praticamente inteiros. Comunicamos ao garçom da impossibilidade de comer a carne. Não disse nada a respeito e em seguida veio com a conta cobrando o valor integral do prato, e nem sinal de desculpas por parte da gerência ou pessoal da cozinha. Pagamos e saímos. Nunca mais voltaremos. Que fique registrado que já eu havia tido problemas com ponto e consistência das carnes na Taberna Dumont antes, porém anteriormente se ofereceram para substituir o prato e resolver a questão. LAMENTÁVEL! Nos sentimos lesados.

    Responder
  12. Trouxe meus pais e minha namorada para Londrina, por ler tão bem sobre o local decidi pelo local. Passei vergonha! Atendimento de péssima qualidade, o garçom só faltou jogar os pratos na nossa frente. O Raviólis estava frio, como se tivesse sido requentado (e mal requentado). O único ponto positivo foi o Petit Gateau que estava extremamente saboroso, mas pelo resto ter sido de tão baixa qualidade, ficou a decepção.

    Responder

Responder